Movember e a Saúde Masculina: Prevenção do cancro próstata
SAÚDE

16 Novembro 2020

Movember e a Saúde Masculina: Prevenção do cancro próstata

Movember e a Saúde Masculina: Prevenção do cancro próstata

A Próstata é uma glândula que faz parte do aparelho reprodutor do homem, contribuindo para a formação da testosterona e do esperma. É do tamanho de uma castanha na fase de jovem adulto, sendo que a partir dos 40 anos esta glândula tende a crescer.


Em cerca de 50% dos casos, pela sua dimensão ou pela forma de crescimento, podem surgir situações que criam dificuldades para a micção e/ou a própria defecação. Mas nem sempre este crescimento é devido à presença de cancro: A hipertrofia (ou hiperplasia) benigna da próstata, que acontece na generalidade dos homens a partir dos 50 anos de idade, é uma condição benigna e tratável.

Esta condição não apresenta perigo sério para o doente, mas pode causar dor e desconforto.


Assim, se tem algum sintoma como os descritos a seguir, procure o seu médico, pois qualquer desconforto não deve ser normalizado e o diagnóstico não tem de ser assustador.


  • Jato urinário mais fraco ou intermitente
  • Dor ou ardência ao urinar
  • Despertar nocturno com urgência de urinar
  • Demora a iniciar a micção
  • Depois de urinar, sente que a bexiga ainda não está vazia
  • A urina inclui sangue


O cancro da próstata pode ser assintomático, ou seja, não apresentar sintomas e ser apenas detetado por elevação dos níveis de PSA (antígeno prostático específico), mas em situações de doença mais avançada pode apresentar sintomas em tudo semelhantes aos do aumento benigno da próstata que geralmente se verifica com a idade.



Em Portugal, o cancro da próstata é o mais frequente no sexo masculino.


A prevenção do cancro da próstata, pode passar pelo controlo dos factores de risco ambientais, apesar da evidência clínica da sua eficácia ser fraca, controversa e muitas vezes inconclusiva.


Sabemos, no entanto, que indivíduos com a mesma carga genética (por exemplo asiáticos) que vivem em áreas geográficas diferentes (por exemplo os EUA) apresentam risco de desenvolver cancro da próstata semelhante ao que existe no país anfitrião. Daqui se pode concluir acerca da grande importância dos factores ambientais no desenvolvimento desta neoplasia maligna.


               Existem então dois grupos de factores de risco: Os não modificáveis, como o envelhecimento, o historial familiar e a raça/etnia. O outro grupo de factores, os modificáveis, incluem:

  1. Dieta/nutrição:
    1. Índice de Massa Corporal – quanto maior, maior o risco de desenvolver cancro da próstata e muitas outras doenças. A ingestão de gorduras saturadas está directamente relacionada.
    2. Micronutrientes e vitaminas(licopenos, vitaminas C, D e E) - Estudos demonstraram que o licopeno interfere no crescimento das células cancerígenas na próstata. A combinação com vitaminas potencia a sua acção.
    3. Minerais (zinco e selénio) – O zinco contribui para a manutenção de um nível normal de testosterona no sangue, muito importante para o normal funcionamento desta glândula.
    4. Fito-estrogéneos (isoflavonas, flavonóides, ligninas) - Alguns estudos sugerem possíveis efeitos das proteínas de soja (isoflavonas) na redução do risco do cancro da próstata. Atualmente, novos estudos estão avaliando os possíveis efeitos dessas proteínas.
  2. Exercício físico regular
  3. Consumo de álcool e tabaco

 

Como prevenir o cancro da próstata?


Sendo uma doença tão comum quanto imprevisível, não se pode dizer que exista uma fórmula que garanta que esta não se manifeste. No entanto, alguns estudos indiciam que certas medidas podem ajudar na sua prevenção:


- Adote uma dieta rica em frutas e vegetais (o tomate é o alimento mais rico em licopeno);

- Evite as gorduras saturadas;

- Pratique regularmente exercício físico;

- Deixe de fumar;

- Realize periodicamente exames médicos de controlo, em especial a partir dos 40 anos;

- A quimio-prevenção tem sido amplamente ensaiada, mas ainda se aguardam mais estudos no sentido de efectuar a sua recomendação generalizada. No entanto, a utilização de suplementos à base de Serenoa Repens é cada vez mais unânime. Trata-se de uma planta medicinal, utilizada como prevenção da hiperplasia benigna da próstata, prostatite, disfunção erétil, calvície, ejaculação precoce ou falta de libido.


Prostamol- 30 cápsulas, Ref: 7473355


SerenoaC - 90 comprimidos, Ref: 7395871

 

Fontes:

Associação Portuguesa de Urologia em: https://www.apurologia.pt/publico/frameset.htm?https://www.apurologia.pt/publico/prevencao_cancro_prostata.htm

Deixe o seu comentário sobre este artigo

O formulário foi submetido com sucesso.
Campo de preenchimento obrigatório.
Campo de email inválido
Campo com limite máximo de caracteres
Este campo não coincide com o anterior
Campo com limite mínimo de caracteres
Ocorreu um erro na submissão, por favor reveja o formulário.

* Campos obrigatórios.